4 DICAS PARA OTIMIZAR SUA VERBA DE MARKETING

Você já esteve em uma situação ruim, com falta de clientes, sem lucro e ao ponto de falir — mesmo otimizando a verba de marketing? Principalmente em momentos de crises, fica difícil investir para conseguir seguidores fieis, não é mesmo?

Em situações assim, a primeira coisa que você pode pensar é em parar de apostar nos negócios com lucro reduzidos e empresas menores. Mas quando isso acontece, é interessante investir em iniciativas mais baratas e com ações rápidas, pois essas opções tendem a apresentar resultados de forma mais rápida.

Se você investe em marketing e, mesmo assim, não consegue alcançar seus objetivos, leia este artigo e confira as nossas 4 dicas para otimizar a sua verba da melhor maneira possível!

1. Otimizando a verba de marketing com percentual

Você deve definir a sua verba de marketing em percentual. Essa é uma escolha mais do que acertada, pois acompanha sempre o faturamento da sua empresa. Pode ser 1%, 4% ou 7 %, entre outros, dependendo do seu ramo de atividade ou modelo de negócio.

2. Criando contatos promissores

Organizações que estão com pouco movimento devem aproveitar ao máximo o tempo de trabalho dos seus funcionários e, dessa forma, fazer um uso adequado do horário em serviço.

Uma boa divulgação do seu negócio é fundamental para tentar aumentar o seu número de clientes. Iniciativas como mandar mensagens, fazer telefonemas e trocar e-mails com o seu público são as formas mais fáceis, mas não as únicas!

Você pega e-mail, endereço, número de contato de todas as pessoas que visitam a sua loja? Se não faz isso, pare tudo e comece a implementar essas questões no seu sistema — agora mesmo.

3. Conhecendo seus clientes e objetivos

Antes de começar qualquer campanha, é preciso saber mais sobre seus clientes, ou seja, seu público-alvo. Portanto, é fundamental conhecer:

  • seus hábitos de consumo;
  • seu modo de acessar a Internet;
  • quais redes sociais mais usam;
  • quais canais de conteúdos acessam.

Lembre-se de procurar seu público corretamente, a fim de ir atrás dele e conquistá-lo. Se você vende calças femininas, não adianta exibir seus anúncios para quem procura por roupas masculinas. Dessa maneira, sua publicidade será veiculada indevidamente.

Após conhecer o perfil e os comportamentos do seu público, você precisa definir o seu objetivo. O que pretende conseguir e/ou realizar depois de criar as suas campanhas? Nesse momento, saiba — exatamente — qual é a sua necessidade.

4. Interagindo nas redes sociais

Divulgação em redes sociais é uma boa estratégia para quem não tem muito dinheiro para o marketing.

Uma rede social essencial para quase todos os negócios é o Facebook. Essa mídia é uma das mais utilizadas no mundo e você não poderia descartá-la: são milhares de usuários ativos por dia e — com toda certeza — grande parte do seu público-alvo está lá.

A melhor estratégia na crise é investir pouco, mas apostando em negócios com retorno certo, a fim de não sair no prejuízo.

Gostou do nosso post de hoje? Deseja continuar otimizando a verba de marketing da sua empresa? Então curta a nossa página no Facebook para não perder nenhuma novidade!

Gostou? Deixe um comentário.

Seu endereço de email não será publicado.