DESIGN ESTRATÉGICO: O QUE É E POR QUAIS RAZÕES ADOTAR NA SUA EMPRESA

Independente do setor de atuação, o design estratégico repercute no mercado competitivo brasileiro, hoje bastante concorrido. E não é por menos, os clientes estão, cada vez mais, bem informados e exigentes com os produtos/serviços que consomem.

Diante desse cenário, a inovação é quase uma obrigação das empresas que desejam se manter e alcançar destaque no mercado. Apostar em novos modelos de gestão, ferramentas modernas e metodologias criativas é um quesito essencial para alcançar tais objetivos.

A partir dessa demanda, estão surgindo diversas soluções que auxiliam na entrega de valor ao consumidor. Uma delas é o design estratégico. No artigo de hoje, entenda melhor esse conceito, como adotá-lo em sua empresa e os principais motivos para fazer isso. Confira!

Afinal, o que é design estratégico?

O design estratégico é uma nova abordagem do design, na qual, seus métodos e práticas são incorporados à gestão e administração do negócio, auxiliando no branding.

Essa ferramenta se difere do design “puro”, pois as soluções desenvolvidas por meio dela vão muito além do âmbito visual e estético. Ou seja, o design estratégico visa eliminar as subjetividades do design tradicional, garantindo uma linguagem mais objetiva e um direcionamento mais específico.

As soluções são elaboradas a partir de diversos elementos estratégicos, como o plano de negócios e o posicionamento da marca. Assim, o designer desenvolve seu trabalho com uma visão mais ampla e concreta sobre as necessidades do mercado, da empresa e do seu público.

E quais são seus principais benefícios?

O design estratégico pode (e deve!) ser utilizado em empresas de qualquer setor e porte, uma vez que, sua aplicação traz uma série de mudanças significativas e positivas.

Destaque e fidelização

Um dos principais benefícios é a diferenciação da concorrência, pois uma marca com design inovador possui maior valor agregado. Os bons resultados, ao tentar despertar interesse e fidelizar determinado público, se tornam mais garantidos quando a identidade visual é desenvolvida em concordância com o perfil desses clientes.

Coerência e mudanças

Outro ponto importante é a coerência entre o design e a marca. É preciso transmitir aos consumidores tudo aquilo que a empresa realmente é. Dessa forma, o design estratégico pode, inclusive, abrir espaço e incentivar transformações internas, criação de novas oportunidades e adaptação às mudanças do mercado.

Redução de custos e aumento do lucro

Por fim, podemos citar as vantagens financeiras. Por auxiliar no processo de desenvolvimento de produtos/serviços e no gerenciamento criativo de projetos, o design estratégico pode auxiliar na redução de custos. Além disso, quando bem-sucedido, aumenta o número de vendas, garante maior fatia de mercado e proporciona um melhor retorno sobre o investimento.

Como o design estratégico pode ser utilizado em uma empresa?

Inicialmente, é fundamental entender os dois polos: clientes e o mercado. Considerando essas informações, a equipe deve traçar as estratégias no momento da elaboração do plano de negócios.

Com isso em mente, o próximo passo é definir o posicionamento da marca. A partir disso, é que ocorre o início da criação da identidade visual e do plano de comunicação, utilizando as ferramentas do design.

Nota-se que o trabalho não é realizado apenas por um profissional, o designer, e sim por toda uma equipe integrada, uma vez que envolve os mais diversos aspectos da marca.

Vale lembrar que, todas essas etapas devem ser realizadas constantemente, a fim de identificar mudanças e oferecer uma resposta rápida. Esse ciclo de evolução permite um crescimento saudável e garante a sustentabilidade do negócio, atendendo aos objetivos do design estratégico.

Gostou do post? Então, assine a newsletter e mantenha-se sempre atualizado sobre nossos novos conteúdos!

Gostou? Deixe um comentário.

Seu endereço de email não será publicado.